Frutas essenciais no dia-a-dia

As frutas são indispensáveis em nossa alimentação diária, pois são importantes fontes de água, fibras, vitaminas e minerais, além de conterem algumas substâncias antioxidantes que ajudam inibir e reduzir os danos causados pela formação de radicais livres. O consumo diário de frutas contribui para fortalecer o sistema imunológico, reduzir os níveis de gordura no sangue, prevenir o envelhecimento precoce, além de evitar problemas cardiovasculares e amenizar ou ate mesmo prevenir o desenvolvimento de doenças respiratórias como a asma. As críticas, por exemplo, auxiliam inclusive na prevenção de certos tipos de cânceres.

No dia-a-dia, é indicado consumir de três a cinco porções de frutas variadas. Abaixo listamos quais são as frutas fundamentais para mantermos uma alimentação saudável:

  •   Maça: é uma fruta de baixa caloria que é considerada um bom antioxidante que auxilia a controlar os níveis de colesterol sanguíneo, principalmente consumindo com a casca.

 

  •  Frutas Cítricas (limão, maracujá, laranja, amora, morango, uva): ajudam a regular o colesterol sanguíneo e, para as mulheres na menopausa, podem aliviar alguns sintomas que tornam o período desconfortável.

 

  •   Abacaxi e Mamão: o consumo destas frutas é interessante para obter uma boa digestão, pois possuem enzimas como a bromelina e papaína que auxiliam neste processo.

 

  •  Mamão e Ameixa: são indicadas para aqueles que possuem um funcionamento intestinal ruim.

 

  •  Uvas vermelhas: o suco desta fruta funciona tão bem quanto o vinho na prevenção de problemas cardiovasculares.

 

  •   Morangos: por possuir boa quantidade de ácido fólico é interessante consumir esta fruta no início da gestação, por exemplo.

 

  •   Pêssego: por ser rico em potássio e ter uma discreta ação laxativa, é indicado para hipertensos.

 

  •   Abacaxi: auxilia nas funções da tireoide.

 

Para manter a forma, o segredo é sempre consumir alimentos saudáveis como frutas, verduras e hortaliças, de preferência frescas, e os alimentos grelhados, assados ou cozidos também podem ser consumidos, mas sem exageros e fazendo escolhas mais interessantes do ponto de vista nutricional.

A diminuição do consumo de frutas, principalmente se acompanhada de baixo consumo de legumes e verduras, pode desencadear carências nutricionais diversas, levando o organismo ao estado de desequilíbrio, o que pode contribuir para o aumento do peso. Além disso, consumindo menos estes alimentos que contém grande riqueza nutricional e baixa densidade energética, acabamos optando pela ingestão daqueles alimentos ricos em calorias e com baixo teor de fibras.

É importante ressaltar que quando falamos de frutas não existe uma ou outra que seja mais ou menos indicada. O ideal é diversificar e principalmente optar por aquelas da estação. Elas podem compor o café da manhã, lanche da manhã e da tarde, além de ser a primeira opção para uma sobremesa saudável e de baixa caloria.

 

Por Dra. Cátia Medeiros

www.atualnutricao.com.br