Você conhece os benefícios dos fitoterápicos?

Você já ouviu falar em produtos fitoterápicos? Eles são o resultado da industrialização de plantas medicinais, usadas há muito tempo para curar diversos males e enfermidades. Produzidos a partir desta matéria-prima natural precisam seguir critérios que demonstrem qualidade, segurança e eficiência, segundo determinação da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Podendo utilizar a planta in natura, seca, em pó, em forma de cápsulas, xaropes, sprays e, até mesmo, em gomas, com: gelatina e barrinhas de chocolate, os fitoterápicos trazem uma série de benefícios para a nossa saúde e seu uso, feito com acompanhamento de um profissional, pode, inclusive, prevenir doenças.

Como você pode ver, existe uma variedade muito grande de fitoterápicos e um leque ainda maior de possibilidades para usá-los. Para auxiliar na perda de peso, por exemplo, podemos citar aqueles pacientes extremamente ansiosos ou compulsivos, podemos utilizar princípios que estimulem a liberação de serotonina, que fornece um relaxamento e, consequentemente, diminuição da compulsão alimentar.

Em casos de insônia, existem princípios que estimulam o sono de forma natural e, com isto, o paciente consegue ter uma melhor resposta na perda de peso, já que uma boa noite de sono ajuda no emagrecimento. Seguindo esta linha podemos acrescentar substâncias que ajudam a liberação do hormônio GH (conhecido como hormônio do crescimento) durante o sono, poupando, desta forma, o músculo e ajudando a queimar mais gordurinhas.

Para os chocólatras também existem opções que diminuem o desejo por doce. Além disso, há a linha dos termogênicos pré ou pós-treino que auxiliam na diminuição de gordura localizada. Outros fitoterápicos podem ajudar na cicatrização de pacientes pós-cirurgia, auxiliar no aumento da imunidade e até regularizar o funcionamento intestinal, sem que tenha efeito laxante.

O importante é saber qual é o produto mais indicado para cada caso e isto apenas profissionais qualificados podem dizer: é muito arriscado seguir a dica de um parente, vizinho ou conhecido, pois cada um tem uma reação distinta aos fitoterápicos. Para saber sobre a combinação destes produtos com outros medicamentos, qual o profissional mais indicado para prescrevê-los e outras curiosidades, continue acompanhando o blog, na semana que vem contaremos mais!

 

Por Cátia Medeiros

Crédito da imagem: Stock_Xchng