Flores comestíveis? Sim!

Aproveitando o clima primaveril, a dica de hoje é sobre as flores consideradas comestíveis, que são fonte de vitaminas e minerais, e podem compor a apresentação do prato conferindo cor e alegria, sem comprometer o valor calórico.

Por outro lado, a orientação é que a procedência desse tipo de alimento seja verificada na hora do consumo. Por ainda ser uma novidade gastronômica, o seu valor nutricional não é bem conhecido e determinado, mas já é possível determinar que são ricas em pólen e néctar, opções cheias de nutrientes importantes para o consumo.

O amor-perfeito, boragó, calêndula, capuchinho, nastúrcio e a rosa são exemplos de flores consideradas comestíveis e opções para a estação. É uma ótima combinação com frutas da época: laranja, tangerina, abacaxi e mamão, mas devem ser consumidas com atenção. A recomendação, neste caso, é que a busca pelas flores seja feita em produtores especializados, que não utilizam qualquer tipo de agrotóxico ou tratamento químico na plantação como os utilizados nas flores de floriculturas.

Depois de atentar-se para esses cuidados, invista na criatividade. Utilize-as para decorar os pratos, brinque com as opções de cores e veja como é possível iluminar a vida com o mundo das flores!

 

Por Dra. Cátia Medeiros