A alimentação dos craques do futebol

Com o grande evento futebolístico do ano se aproximando, não são apenas os torcedores que tem que vigiar o que come para não acabarem adquirindo peso extra. No caso dos jogadores, a alimentação é de extrema importância, pois eles necessitam estar no peso ideal e qualquer alimento em excesso ou em falta pode afetar o desempenho na hora de chutar a bola no gol. Mas será que a dieta dos craques é tão diferente da nossa?

Saiba que o jogador de futebol não possui um cardápio tão distinto do nosso. Basicamente existem algumas restrições mais rigorosas, e claro que a quantidade de alimento acaba sendo maior, pois eles gastam um valor energético maior na prática dos exercícios físicos.  É uma dieta muito variada que deve ter qualidade. Alguns dos nutrientes principais necessários são:

Carboidratos: são os responsáveis por fornecer energia aos atletas. Estão presentes em alimentos como massas, arroz, pães, batata, cereais.

Os pães e iogurtes estão presentes principalmente no café da manhã dos atletas. Eles ajudam a diminuir a quantidade de agrotóxicos e ainda aumentam a quantidade de proteína.

Vitaminas e minerais: regulam o funcionamento do intestino, a circulação do sangue e também o funcionamento do sistema imunológico (evita o aparecimento de doenças). Podem ser encontrados nas frutas, verduras e legumes. A salada é um dos pratos mais consumidos pelos jogadores na hora do jantar. Geralmente o prato nessa hora do dia é constituído por alface, tomate e alguma carne branca.

Proteínas: extremamente importante porque são nutrientes que reparam os tecidos, músculos, células e ainda produzem anticorpos. Estão presentes nas carnes, ovos, leite, feijão, nozes e grãos.

Os alimentos ricos em gordura (como manteiga, doces e óleo) são sim importantes, pois fornecem energia para o jogador, no entanto não devem ser ingeridos antes do jogo porque a digestão desses alimentos é lenta e pode acabar prejudicando o desempenho do jogador.

E claro, para complementar o rendimento do futebolista, a água é a chave. Manter-se hidratado antes, durante e depois do jogo evita danos musculares e desidratação. Essa dica, vale não apenas para os jogadores, mas para todo mundo. Então água na mão e bom jogo!