Atual Nutrição

Rótulos: para que tanta informação?

Rótulos: para que tanta informação?

  Categoria: + Notícias

Você já prestou atenção aos rótulos dos alimentos industrializados que consome? Sabe para que serve cada uma daquelas informações? Não???



Rótulos: para que tanta informação?

As informações contidas nas embalagens de produtos industrializados podem ajudar a ter uma dieta mais balanceada e saudável. Por isso, a nutricionista Catia Medeiros, da Atual Nutrição, recomenda que você gaste um tempinho lendo e entendendo todas as informações dos rótulos nutricionais.

 

No “Nutrition Facts”, ou como chamamos no Brasil de rótulo com informações nutricionais, constam dados como: valor calórico, quantidade de carboidratos, de proteínas, de gorduras, de fibras e de sódio.

 

Conheça um pouquinho de cada item a seguir:

 

Porção (em g ou ml)

Trata-se da quantidade média recomendada para consumo para manter uma alimentação saudável. Os valores nutricionais não correspondem ao alimento inteiro.

 

%VD

A sigla significa Valor Diário. Ela indica qual a quantidade de energia (em calorias) e em nutrientes que o alimento apresenta em relação a uma dieta média de 2000 calorias.

 

Sódio

O nutriente é importante para a regulação hídrica e o desempenho do cérebro. Em excesso, ele provoca retenção de líquidos e aumento de pressão arterial.

 

Proteínas

Auxiliam a conservar tecidos, órgãos e células. Em doses apropriadas, elas garantem a manutenção da saúde e, também, proporcionam sensação de saciedade.

 

Gorduras totais

Além de serem altamente energéticos, esses compostos auxiliam no transporte das vitaminas A, D, E e K. Atenção: o consumo deve ser moderado, já que o abuso provoca aumento de peso.

 

Gorduras saturadas

São encontradas essencialmente em produtos de origem animal (carnes, queijos, frango, leite integral, entre outros). A ingestão aumenta o risco de doenças cardiovasculares.

 

Valor energético

São as famosas calorias. Lembrando que o consumo médio de um adulto saudável é de 2000 calorias.

 

Carboidratos

Eles atuam como fontes de energia para o corpo.

 

Gorduras trans

Os ácidos graxos trans estão em produtos industrializados, como salgadinhos, bolachas, molhos, sorvetes, etc. Segundo a Anvisa, o ideal é consumir, no máximo, 2g/ dia.

 

Fibra alimentar

São essenciais para o funcionamento do organismo. Entre seus benefícios estão o controle da glicemia e do colesterol, a manutenção das funções intestinais e o aumento do efeito de saciedade.

 

E agora, vai começar a prestar mais atenção nos rótulos dos produtos?

 



Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019
    Compartilhe: